Lucas P.
Lucas P. › Artigos Especiais

on

Um passado sombrio e a última carta.


Fala pessoal...sou eu ressurgindo aqui de novo, dessa vez com um novo debate sobre o que esperar do futuro da série e da empresa.



Quem em pleno século 21 tem ao menos acesso a internet discada já deve ter visto o anúncio e lançamento de diversos jogos, sendo SFV, MKX, Persona, Tekken 7, Poken e dentre diversos outros...mas e KOF? Como assim não tivemos ainda um anúncio de nada do jogo?

Um novo KOF para consoles foi ''anunciado'' mas ainda está em fase de desenvolvimento, fase esta que já perdura por quase 2 anos, no site oficial diz que a empresa ainda está contratando mais pessoas focadas em lançamentos para XBOX e Playstation.
Vamos com calma, o que leio em tantas páginas se resume em total desconhecimento sobre o peso de lançar um jogo, afinal, a gente só quer jogar, se voce quiser saber o que aconteceu nos últimos 5 anos, continue lendo, ou pule para a próxima parte.

KOF XIII foi o último grande sucesso ( e foi mesmo ) para consoles desde KOF 2002 e '98 UM, se destacou pelos gráficos em 2D com muitos detalhes, história complexa e dentre outras pecinhas que deixaram o jogo uma das obras primas da série. Desde seu lançamento já se passaram praticamente 6 anos, não contando o XII que foi o beta do XIII, ou seja...bastante tempo.

KOF XII foi anunciado como o RE-Birth da série, que traria ela ao topo novamente com novos gráficos e estilo, mas...

Para os que não sabem, de XI para XIII foi algo em torno de 5 anos também, isso porque a empresa refez toda a arte de boa parte dos personagens, usando equipamento novos e arriscando em outras séries, como Maximum Impact e Samurai Spirits Sen, mas o que aconteceu?

Maximum Impact sofreu com as grandes mudanças dentro da SNK, a principal delas é que o arco não se fechou, e de seu lançamento em 2006 até hoje, já se formaram quase 10 anos e ainda não sabemos qual é o fim de Soiree.

Maximum Impact não valeu o esforço, mesmo tendo uma história incrível e adição de muitos personagens novos, a jogabilidade e os gráficos do jogo não agradaram, fora que as equipes foram desfeitas e boa parte dos personagens clássicos se perderam no enredo novo, ou seja, não foi interessante, e depois vem SS Sen com jogabilidade e gráficos que tentou ser um Soul Calibur, mas conseguiu ser uma coisa mal feita, tanto que pouco se ouve em falar do jogo.

SS Sen teve um ótimo trailer de lançamento, porém o design ''magro'' dos personagens e a jogabilidade nada parecia com nenhum dos SS anteriores fez que o jogo nem sequer tivesse um port para os Playtations.

A empresa sofreu com dois erros grandes, e ainda estava na produção de KOF XII, como o método para fazer os gráficos de XII era trabalhoso e caro, a SNK precisou de mais tempo e recurso para lançar o que seria o último jogo da saga, para isso, relançou com interface nova e algumas adições, KOF 2002 UM, KOF '98UM e KOF '94 RE para ir ''ocupando'' enquanto não vinha o jogo novo, mas os três jogos lançados não fizeram sucesso por serem apenas versões corrigidas dos originais, então a SNK começa a atirar sem mirar com lançamento do SNK Classics e...

Na tentativa de fazer um crossover da propría empresa,a SNK faz um jogo cuja a história se passa em volta aos WAREZ que querem destruir e dominar o mundo NeoGeo clonando então os chefes de várias sagas, então os personagens de SS, Last Blade, World Heros, Metal Slug, KOF e mais se unem para parar o cartel novo, que é uma cópia dos NESTS e tem o Chefe Final uma cópia de Igniz.
...com KOF XII anunciado para 2009, mas ainda estando incompleto e a empresa sofrendo a pressão do tempo, eles lançam então Neo Geo Battle Coliseum, um crossover da própria empresa com vários personagens de várias de suas séries e vários chefes, porém, usando os mesmos gráficos ultrapassados dos KOFs anteriores, ponto esse que matou o jogo já em seu lançamento, na mesma época, ainda teve o KOF World cancelado para dar prioridade para o término de XII, nesse meio já vieram 2 jogos que não obtiveram sucesso, 3 remakes que não fizeram sucesso, 1 jogo duramente criticado e 1 cancelamento, e ainda tinha o fator empresa que estava passando tempos horríveis com o prédio antigo, dívidas, demissões e outros fatores que só agravaram a situação toda...e então...

''Sério que temos que lançar esse jogo desse jeito?''
''Sim, tem que lançar o jogo do jeito que está mesmo, os contratos e as divulgações não podem ser adiadas.''
''Mas...''
''Sem mas.''


É lançado ás pressas KOF XII, o que levantou um superhype quanto aos novos gráficos,possibilidades de combos, e o final de Tales of Ash... mas na verdade foi um tombo horrível que foi a facada no peito que a empresa se deu. O jogo veio cheio de bugs, pixels estourando a tela, um zoom estranhíssimo, personagens com aparência estranha e ainda, sem o modo História, com um modo Arcade que seu cachorro poderia zerar. Foi o fracasso.


Uma mistura de AOF com FF que não pareceu KOF.

Diante do fiasco que foi XII, não muito após seu lançamento, foi montado um mega evento em Osaka apenas para a SNK Playmore dar explicações sobre o que foi o XII, mas na verdade ela veio anunciando o XIII, que seria a versão terminada de XII com mais personagens, cenários, e um ''ar'' que lembraria a mistura de KOF 2002 e XI, de seu anuncio até o lançamento para os Arcades levou em torno de 1 ano.

Ok...vamos tentar mais uma vez...mas vamos tentar direito.
Depois do lançamento da versão Arcade, a empresa viu no jogo uma chance de continuar a investir na série, então os grandes torneios japoneses, como Nishipotori ( vou ver se é esse o nome) começaram a dar a chance ao jogo, que vinha sendo elogiado pelos combos, jogabilidade, arte e um modo ''História'' em que cada personagem teria diálogos únicos com outros, e ainda a volta de lutadores clássicos, tudo ia bem até que...

Um belo dia, conseguiram hackear a versão Arcade de KOF XIII e colocá-la disponível para download na internet, ou seja, em pouco tempo todos já tinham a versão pirata do jogo o que desistimulou bastante a empresa de fazer o port para a versão console, e para deixar tudo melhor ainda, uma onda de funcionários pediu demissão (boatos que nessa época ficaram em torno de 50 pessoas só na empresa), ou seja...o fim seria ali mesmo.

KOF XIII foi o jogo da Playmore que mais teve ports sendo eles: Steam, Climax(ver.Arcade rebalanceada) PS3/X360, Arcade, iOS e Android ( i/a- Edition)

Mas os anjos atenderam as preces de tantos jogadores que queria ver KOF junto com os grandes naquela época, então, magicamente, Ignition deixa de patrocinar KOF dando lugar a Atlus e Rising Star fazendo a propaganda do anúncio da versão console de KOF  XIII com novidades e rebalancemanto de vários perosnagens, fora o anúncios de DLCs, extras e mais coisas.

Do dump de KOF XIII até o lançamento da versão console passaram quase 1 ano, e nesse tempo, ( de XII até o anúncio de XIII) a empresa nãoi anunciou mais nada e se dedicou apenas a esse jogo.


Classic Iori '98 retorna com golpes da Saga NESTs.


NESTs Kyo retorna com golpes da Saga Orochi e Kyo-1.


Mr.Karate, Billy Kane e Saiki aparecem como versões exclusivas de consoles, iOS, Android e Steam.
MrKarate é a forma mais forte de Takuma Sakazaki, Billy Kane retorna com visual e golpes de KOF '95 e Saiki é o personagem novo do jogo, todos eles voltaram ao KOF XIII com a promessa de trazer de volta o jogo o sentimentos dos jogos clássicos, com cenários, músicas, história e arte que fariam referencias que jogadores nostálgicos iriam notar.

A versão console veio então, depois da forte divulgação que a Atlus e Rising Star deram ao jogo, muitos deram de novo a chance ao jogo, e era essa a penúltima carta do baralho da Playmore. O jogo então foi um sucesso, mesmo com problemas relacionados a aparencia de perosnagens e ao visual de alguns, ele foi ganhando destaque e chegou até a participar do GOT ( Game of the Year ) concorrendo com SFIV, UMvC e outros jogos de peso que ''se assustaram'' com a presença pela 1º do jogo em uma premiuação mundial, KOF não ganhou, mas agora seu nome já estava bem colocado e o jogo conseguiu apagar os erros de todas as versões passadas, foi a primeira vitória da Playmore em anos.


O grande tapa na cara da sociedade que KOF XIII deu foi aparecer e roubar a cena na sua estréia na EVO de 2013.

Depois dos holofotes que o jogo ganhou em GOT, chegou a vez de um jogo pixelado em 2D mostrar que é um nome forte de novo, pela 1º vez, KOF foi um dos jogos oficias da EVO e nesse mesmo ano, o hype que o jogo trouxe ao campeonato foi o melhor do evento, abrindo as portas para sua 2º participação, dessa vez mais fria, mas ianda sim muito boa.


E hoje....?                                                                                            




Depois de sua última presença oficial na EVO, a SNKP passou por diversas mudanças internas, como troca de presidentes, funcionários, instalações e dentre outras, foi uma oportunidade de colocar ordem nas coisas e repensar como seria a política dali em diante...

Em uma das últimas entrevistas com um dos produtores da empresa, ele disse que um jogo novo de KOF não teria um lançamento comum, mas nesse período a empresa se focaria em outros projetos.


Os pachinkos se destacam pelos gráficos em 3D de qualidade ''boa'' (considerando que é um caça-níquel) , provavelmente algo parecido será usado em um futuro jogo, algo semelhante foi visto em Fatal Fury Premium, mas neste os personagens foram totalmente refeitos e estilizados, como a Mai usar vestido ao invés da tradicional roupa Shiuranui.


KOF '98 foi um dos jogos mais aclamados da série no Oriente,
a versão UM traz personagens novos, e o modo ULTIMATE que é a fusão do Extra e Advanced, fora persoangens novos, modo Online, e Challenge.

Começou então a era dos Pachinkos! Para popularizar a série e arrecadar mais dinheiro de forma mais rápida e segura para a empresa, a empresa investiu em caça níquéis em parceria com outras empresas e começou a autorizar o uso de imagens de seus personagens, por um longo tempo a úncia notícia que se tinha da empresa era que ela só estaria focada nos pachinkos e somente neles, e então...


Se o Oriente tem o '98 como preferido, o Ocidente tinha o 2002, que também foi refeito com cenários novos, rebalanceado (porque os combos da versão Clássica ninguém merece), e com + de 60 lutadores com ilustrações únicas!

KOF XIII é lançado no Steam e ainda tem as versões Android e iOS, com o sucesso do jogo, agora oficialmente para PC, os jogadores não tinham mais necessidade de continuar com versão hackeada da versão Arcade, então a versão Steam foi lançada corrigindo e aprimorando o modo Online, e ainda balanceada mais uma vez de acordo com a última versão de KOF XIII, Climax Edition, uma versão Arcade do jogo com balanceamentos e as adições da versão console.

KOF 98UM, 2002UM e XIII está disponíveis na Steam e a Playmore aleatoriamente sempre dá descontos para o TriplePack, promoção que você pode adquirir os três ao preço de um.

Com o sucesso de ambas as versões para mobiles e STEAM,e ainda a segurança dos pachinkos, ela passou a investir em uma de suas séries mais valiosas em termos de conteúdo, sendo então o escohido, Metal Slug, que passa a ter vários de seus jogos lançados para iOS e Android e ainda Steam, o Steam fez tão bem a empresa que ela ainda lançou KOF 2002UM e KOF '98 UM também para PC, formando então o trio KOF para PC.


Fora esses, ainda temos Samurai Spirits, Metal Slug X e KOF '97 também para smartphones, para o futuro ainda terá um jogo de RPG (ainda não revelado) e outro da sequencia Athena (também ainda não revelado).


A partir daí então o foco da Playmore passou a ser então o Steam para lançamento de jogos clássicos, como KOF, iOS e Android para versões menos populares de alguns Fatal Fury, Samurai Spirits, Metal Slug e KOF e os Pachinkos.


O lançamentos de jogos clássicos para smartphones possibilitou que os jogos da franquia se popularizassem de forma mais rápida e barata, assim, os jogos deixaram de ser exclusivos de Arcade e de dependerem de Hacks e passaram a ter sua versões oficiais.

Ainda vale citar que nesse meio tempo, ela se uniu a Tecent Games com Xuan Dou Zhi Wang ( um jogo d eluta ao estilo de KOF '98 ) e KOF Online junto a Dragonfly, que é KOF ao estilo de DOTA ou League of Legends, o jogo ainda está em fase de testes em servidores fechados.


SNKPlaymore e Tecent anunciaram ano passado que estariam unidas a partir daquele ano, para provar a união, a SNKP disponibilizou temporariamente Terry e Benimaru em seu jogo de luta, King of Combat,(Xuan Dhou Zhi Wang), o jogo se destaca pela jogabilidade e personagens muito parecidos com os de KOF.



No mesmo ano, KOF Online estava quase saindo do forno, KOF estaria agora no formato MOBA, semelhante aos jogos de sucesso como League of Legends, DOTA, Heros of The Storm e outros, o jog ainda está no servidor tailandês e está em fase beta, de acordo com a página oficial, o jogo ainda passará por diversos aperfeiçoamentos.


Mais de 30 personagens já estão confirmados para o jogo, fora alguns modos alternativos como Saiki Island e Orochi Battle, porém, o jogo não tem uma data para voltar e nem se sabe se ele vai voltar.


Sacred Team é um dos times que fazem parte do jogo, assim como NESTs Team, Ash Team e outros.

Então daí veio seus reais lançamentos, com uma equipe de desenvolvimentos apenas para mobiles ela lança então 3 jogos para Android e iOS:


ROF teve um sucesso rápido mas aos poucos foi perdendo o seu brilho e a própria Playmore deixou de lançar contúdo para o jogo para investir em MSD e BB que estavam bem mais seguros e bem colocados que ROF, o jogo contava com músicas inéditas, mas pecava pela falta de contéudo extra.

The Rhithm of Fighters: Um jogo ao estilo Guitar Hero com as músicas da SNKP, infelizmente devido ao pouco sucesso, o jogo terá seus servidores fechados e não está mais como fazer o download.


Depois de anos, mas tipo...MUITOS ANOS...a Playmore pega o embalo dos zumbis e revive uma de suas séries mais esquecidas ( pra nao dizer a mais )Beast Buster traz a jogabilidade clássica, dessa vez em 3D e com história e bastante conteúdo extra, além de Kyo, que participa em comemoração ao revival da série e aos 20 anos de KOF.

Beast Busters feat KOF: A SNKP resolveu reviver uma de da séries mais inesperadas. Beast Busters foi um dos jogos pioneiros da década de '80/'90 no gênero Shooting Action com zumbis, a última versão para mobiles conta com sistemas de gemas, modo história, competitivo e ainda a participação de Kyo Kusanagi.


Com mais de 30 milhões de downloads, Metal Slug volta como jogo de estratégia e representa o atual sucesso da equipe de produção de jogos para mobile, com mais de 60 opções de tropas e infinitas estratégias o jogo se destaca pela quantidade de contéudo e pelas sucessivas atualizações com eventos, medalhas e entre outros de graça.

Metal Slug Defense: MSD está para mobiles assim como KOF XIII esteve para consoles, MSD está tendo seus dias de glórias, como um dos mais baixados da Playstore, traz todos os personagens de Metal Slug em um formato de Tower Defense/Estratégia e vem a cada duas semanas tendo updates novos, com novas tropas, promoções, eventos e personagens de KOF em comemoração dos seus 20 anos da série.


Mas então...aonde queremos chegar??                                             



De acordo com a própria SNKPlaymore, existe um KOF em desenvolvimento, mas existe um porém ai...

Esse KOF tem que dar certo, tem que ser superior ao XIII em todos os termos ( nem igual pode ser porque o XIII está ultrapassado para o tempo ), o KOF novo não pode de jeito nenhum ter ou ser uma falha como foi o XII e a 1º versão Arcade do XIII.


Quando a SNKP deu datas para o lançamento de seus jogos ainda nas produções ( de 2003 até o XII ) todos seus projetos saíram incompletos, e ainda com XIII que foi adiado para dar tempo de terminar a finalização do jogo, se em um próximo jogo vier incompleto como os antecessores, é o tiro no cérebro que a empresa vai dar em si mesma e na série, porque será um fracasso, a situação da empresa que está estável ( de acordo com a própria empresa,ela dedicou os dois últimos anos para pagar dívidas, para evitar a falência e o calote, e a contratação de mais funcionários nas áreas de produção de jogos para as plataformas da Microsoft e Sony) vai piorar e o que poderia ser a cura para a série, poderá aser a morte dela... o que isso no fim quer dizer?

Não forçem um jogo agora, deixem as coisas andarem com calma se vocês ainda querem mais jogos de outras franquias.

O porque dessa postagem? Ano passado a empresa divulgou uma espécie de calendário de lançamentos para esse ano, dentre eles AINDA teríamos um pachinko ( esse que já foi lançado ) e dois jogos para iOS e Android, um deles sendo de RPG e outro da série Athena, esses 3 ainda no papel quando forem lançados, vai gerar um espécie de revolta, normal. Todos querem um jogo novo, mas a questão é...como lançar algo para bater de frente com esse mercado de jogos de luta que é extremamente competitivo?


Fora esses três, nada mais foi planejado para esse ano, mas ainda tem os licenciamentos de Metal Slug e KOF '97 com a Tecent ( que vem fazendo campeonatos de ambos os jogos na China ) e as atualizações de Metal Slug Defense, que vem trazendo e atendendo os pedidos que vão sendo publicados em sua página oficial.

Rumores dizem que KOF 20Th será anunciado e lançado em 2016, lembrando que em 2016 é um ano forte se tratando de lançamentos, vamos esperar por notícias e ter paciência...esse jogo é a última carta da empresa, ou será um lançamento bombástico ou será uma tragédia horrível, não queiram que seja essa última opção.

Por enquanto é isso...deixem aqui sua opinião de como vocês querem que venha o proximo jogo da série e se KOF ainda chamaria atenção mesmo com tantos jogos ''de respeito'' terem sido anunciados, ou terem lançados nos últimos anos!!