Lucas P.

on

[News] SNKP tem suas ações compradas e promessa de voltar com conteúdo diferente.


Eae pessoal!!!! Hoje tem bomba...vamos desarmar ela, antes que comecem a cortar todos os fios por ai!


Antes de começar, eu aconselho que leia minha última matéria, por que inesperadamente essa pode ser a parte II dela, e até porque o que CONTINUO lendo em comentários e fóruns por ai é o cúmulo, a falta de pesquisa faz com que muitos falem sem conhecer, saber ou deduzir nada.

 PASSADO SOMBRIO E A ÚLTIMA CARTA.
A bomba de hoje envolve as ações da SNKPlaymore, para explicar melhor, irei pegar a notícia traduzida do nosso parceiro Game Rush ( aproveitem, para quem não conhece, deem uma visitada no Blog, é simplesmente INCRÍVEL) e farei meus comentários abaixo...vamos lá...

_________________________________________________________________________________

Há pouco tempo atrás, um boato circulou pela internet à respeito de uma empresa chinesa estar em processo de negociação para adquirir a SNK Playmore, famosa por séries como The King of Fighters, Fatal Fury, Art of Fighting, The Last Blade, Samurai Shodown, entre outras.
Pois bem, desde então as coisas andavam meio paradas até que, inesperadamente, surge a notícia (não é boato) de que duas diferentes companhias, Oriental Securities e Shun Wing 37 desenvolveram um acordo em conjunto para investir na Ledo Millenium, uma subsidiária da Leyou Technologies. Através da Leyou Millenium, a nova empresa formada pela parceria, uma quantia de 63,5 milhões de dólares vai ser paga por 81,25% das ações da SNK Playmore, diretamente ao atual CEO e fundador Eikichi Kawasaki e sua esposa, Natsuyo Kawasaki. Este negócio lhes garantiu a maior parte do controle sobre a SNK Playmore, que agora vale 78 milhões de dólaresno total.
Oriental Securities vai ser o acionista majoritário, com 80% do total de ações da empresa. O CEO da Oriental Securities, Zheng Jianhui comentou que a maior razão para adquirir a SNK Playmore é seu vasto número de propriedades intelectuais e todos os personagens envolvidos nelas. Em particular, ele mencionou que pretende seguir a “fórmula da Marvel”, onde o Universo Marvel foi ramificado em diferentes espaços, incluindo revistas em quadrinhos, jogos, televisão e filmes, formando uma sinergia completa entre os perfis de propriedade intelectual. Ele também está pretendendo fazer parcerias com outras companhias chinesas para desenvolver jogos, animes, mangás, programas de TV e filmes para desenvolver melhor as propriedades intelectuais adquiridas com a compra da SNK Playmore.
Esta notícia certamente vai pegar muita gente de surpresa. Particularmente eu espero que a SNK Playmore tome um rumo melhor do que o atual, numa época onde muitas de suas séries estão sendo deixadas de lado simplesmente por não terem novidades sendo produzidas. Mas ao mesmo tempo eu fico com o mesmo sentimento de quando ela faliu, a uma década e meia atrás,… preocupação de fã.
Uma aquisição como essa, feita por uma empresa que diz querer explorar ao máximo a propriedades intelectuais da SNK Playmore pode vir a ser uma boa coisa para seus fãs e para a empresa, mas somente o tempo vai dizer se vai ser isso mesmo ou o oposto. Esta é a segunda vez na história em que a SNK sofrerá uma reviravolta radical, mas é a primeira vez em que Eikichi Kawasaki não estará mais com ela. Espero o melhor e que o futuro seja agora!
Estarei atualizando esta matéria com as novidades que se desenrolarem pelos próximos dias, então fiquem de olho!
Fonte: Game Rush
_________________________________________________________________________________

O que isso quer dizer?????                                      


Vamos ter calma e vamos analizar as coisas como um todo (ou tentar): a SNKPlaymore passou parte de suas ações (resumidamente) para a Ledo Millenium e a mesma promete dar um UP nas séries em troca dessa confiança ( e também de muito dinheiro ).

A compra da SNKPlaymore dessa vez é extremamente diferente da que ocorreu em 2001 que foi um dos picos que levou a SNK a falir ( má administração foi a real causa da falência da mesma em 2000, existia boatos que eles davam carros de luxo para funcionário e etc...ou seja...gestão 0 )dessa vez temos a internet e um comunicado que mostram quais serão os trilhos que serão seguidos.

A nova parceria quer aproveitar todo o conteúdo da SNKP para expandir a fama de suas diversas séries ( KOF, SS, TLB, NGBC, BB, MS, WW e por ai vai...) em diversas áreas como mangás, animes, séries, jogos, e entre outros...a as empresas chinesas sabem fazer isso, basta tirar como exemplo a Tecent que para fazer um simples anúncio de Benimaru e Terry em XDZW apelou para cosplayers, seção de fotos, sites personalizados e tudo mais...

Os mangás ( esses que a Playmore considera semi-oficiais ) nunca chegaram ao ocidente, e até mesmo no oriente é uma peça rara, porém, de ouro a se achar. Mas nunca houve investimento neles.


Se a empresa cumprir o que promete, é um GRANDE E EXTRAORDINÁRIO potencial que estarão pegando, as séries da SNK, todas, sem excessão, tiveram sempre foco muito forte em trazer a identidade única e exclusiva de seus personagens, séries e muito mais... mas o que SEMPRE faltou foi um enganjamento da própria Playmore/SNK sobre isso.


O foco da SNKP sempre foi o nicho japonês, em Tales of Ash, mesmo se passando na Europa, os estereotípos são baseados em preferencias e gostos da cultura de lá, observe Ash por exemplo. KOF Another Day foi uma das únicas vezes que a empresa se interessou em trazer algo diferente de jogos para o mundo e mesmo com apenas poucos minutos de animação, todos se surpreenderam de como ficou soberbo e fantástico um anime de KOF.


Todos os fãs pedem por um anime de KOF, e ja vimos em Another Day e pachinkos que isso é possível, mas resta a Playmore querer e alguém ajudar.

A China está em processo de quebrar as barreiras políticas para começar a expandir seu mercado de jogos, que atualmente, graças a fortes empresas do país, se mantem sólidas, essas barreiras quebradas, mostrarão ao mundo o potencial do país no desenvolvimento de jogos e a Playmore vai se aproveitar bastante embarcando nesse trem, e poder expandir a sua popularidade para o Ocidente e talvez, voltar a ser realmente um pedregulho na vida de outras séries.


Qual é o lado ruim?                                                 


Essse remake de KOF '97 foi feito pela Ledo Interactive, provavelmente uma subsidiaria da Ledo Milennium, mas o que se tira daí é que o remake do '97 não foi bom.

Existe um lado ruim...como eles pretendem fazer essa divulgação. A China, nos jogos, é reconhecida como uma das que mais produzem jogos para mobiles, um foco novo de produção de jogos que, dito pela própria Konami e Namco é bem mais rentável e seguro que os lançamentos para consoles. Caso a Ledo pretenda investir nesse mercado, não será obviamente bem aceito por fãs, que querem um novo jogo, a Ásia é conhecida pelos pachinkos, então não se descarta a chance de haver ainda muitos outros pela frente.

O lado bom então?                                                   

O lado bom vem da promessa da própria Ledo, quando diz que se baseará na fórmula Marvel para reviver as séries, é um compromisso muito sério e grande que estão fazendo ( para os que não sabem, a Marvel estava a beira da falência até seus negócios com a FOX, ou seja, tudo tem esperança ) e se basear em uma empresa de quadrinhos americana quer dizer que possivelmente será baseado em conceitos de marketing ocidentais ( o que chega a ser preocupante, já que vimos várias séries assim perderem a sua essência em prol de um mercado altamente capitalista) e a SNKPlaymore finalmente admitiu que precisa de ajuda, existe um KOF em desenvolvimento a cerca de 2 anos, essa união vai acelerar a produção do jogo e se tratando de asiáticos, pode-se esperar algo a nível ''rentável''.

XDZW foi a primeira vez que Terry e Benimaru estrearam em outro jogo de luta, o que marcou foi a boa qualidade da divulgação e dos gráficos do mesmo, na época, a Playmore estava junto da Tecent, a união foi ''quebrada'' ( aparentemente a Ledo tem ligaçções com a Tecent ) e agora ela se une a Tecent.


A compra em sí não é de longe um sinal de falência ( a SNKP terminou ano passado com as dívidas em dia graças aos seus licenciamentos e trocas internas ) ou a morte das franquias...essa pode ser a semente da esperança da empresa, que pela segunda vez, arrisca seu nome e seus jogos em união com outras...estamos vendo, em 2015 algo parecido que foi em 2000, 15 anos atrás...mas agora a união parece mais promissora que antes...

Essa é a cara de Elizabeth com essa situação: ''Raiva, ansiedade, tristeza...tudo em um único dia''.


...um novo livro da empresa será escrito, e a primeira página desse livro vai mostrar se será um grande sucesso...ou veremos uma nova novela igual 2001...

...em breve mais informações.


PS: Caso se perguntem como está a Playmore hoje, ela vai bem...pelo menos ''indiretamente'' mostra isso.