Lucas P.
Lucas P. › Análise

on

[Análise de Time - KOF XIV] Japan Team & Yagami Team


Eae pessoal...hoje tem análise sim, sim, de surpresa!


            Nas últimas semanas foram divulgados os Team Trailers, estes que devem substituir os Teaser Trailers, uma curiosidade é que agora os times faltam revelar em torno de 1 personagem por time, sendo missão agora dos Team Trailers divulgar eles.

            desenvolvimento. O Arsenal fará a análise de dois em dois trailers, ou seja, agora será o do Japan e Yagami Team, e depois do Fatal Fury e Art of Fighting  Team assim que forem divulgados.

            Então vamos lá...ao primeiro.




            O Japan Team é uma das formações mais clássicas de The King of Fighters, desde o ’94 é marcado pelo colegial Kyo Kusanagi, pelo ex-campeão olímpico Goro Daimon e pelo modelo Benimaru Nikaido.


            A primeira coisa que o trailer apresenta é o time, o cenário e a música tema do time. Yappari ESAKA!, Yappari possui uma série de significados, mas quase todos querem dizer algo como ”É óbvio” ou “Como esperado!”, então podemos traduzir o tema como: “É claro!...Esaka!”, e Esaka é o nome de uma estação de trem localizada em Osaka, estão essa que é tanto palco do XIV, como de diversos outros jogos.


            O cenário é o Neo Esaka, que se passa no topo de algum prédio em frente ao Neo Geo Land, ele se trata de uma arena própria para lutas e se passa durante a noite, podemos ver um trem passando ao fundo, algumas luzes, e os painéis ao fundo indicando a luta que está acontecendo.

            Kyo Kusanagi foi apresentado, assim como visto nos torneios, ele está bastante flexível, uma de suas melhores versões graças as novas sequências do seu Shiki Aragami, que agora pode fazer overhead (ataque que pune quem defende abaixado) ou rasteira (punindo quem não abaixar para defender), e também graças as mecânicas do XIV como Rush Combo, Advanced Cancel, Super Cancel e Climax Cancel está bem mais recompensador escolher ele de início, enquanto não domina os outros 49 personagens. Se você esta familiarizado com o Kyo em KOF 98 e com os NESTS Kyo em XIII ele pode ser uma boa pedida.


            Benimaru está um bom personagem como sempre, suas magias de curto alcance compensam na agilidade que ele possui em realizar elas, a única coisa que liga ele ao XIII é o seu Climax Move, ele está bem semelhante a versão do XI (Raimei Tou é uma das suas marcas em XI e 2003), ainda não foi possível ver seus EX Moves, mas acredito que eles sejam baseados no do XIII.




SSSSSSLASH!!!
                Daimon foi anunciado, falando de seu visual...ele está...o que sempre foi, a diferença é que o dinheiro dos torneios passados foram suficientes para ele comprar uma calça e uma fita nova, uma das coisas mais interessante dele é que pensávamos que ele tinha os olhos tão esticados que pareciam que eram fechados, no XIV podemos ver que eles eram realmente fechados, e quando ele abre eles em seu Climax Move, podemos ver a raiva dele e a expressão de quem vai fazer você desejar nunca ter existido, inclusive seu Climax é o mesmo Neo Max do XIII (Kyouten Douchi). Outro ponto a falar sobre ele é que ele vai provavelmente ter a mesma base do XIII, ou seja, até ele chegar perto do oponente ele vai apanhar muito, mas se chegar, é um combo devastador, diferente do XIII onde ele possuía apenas um DM, dessa vez ele aparente vai ter dois, sendo um deles uma sequência de agarrões (Arasi no Yama) que ele tinha no ’02.

            Apesar do time clássico, este já teve algumas variações, que valem lembrar...

  •             Em KOF ’99, após o sumiço de Kyo, Benimaru e Shingo se juntam a K’ para investigar a relação de K’ com o sumiço de Kyo.
  •             Em KOF ’00, Benimaru decide formar e liderar o próprio time, com Shingo, Lin (que está em busca de Ron) e Seth (que com Ramon e Vanessa junto de K’ e Maxima) está monitorando K’ e os NESTS.
  •             Em KOF ’03, Shingo substitui Kyo no Japan Team, já que agora acredita estar mais forte depois do treinamento dado por Saisyu.
  •             Em KOF XI, Benimaru se junta a Elizabeth para vingar Ash de Chizuru, e também a convite da própria Blanctorche, e Kyo se junta a Iori e Shingo para recuperar o Yata Mirror e selar o Selo de Orochi que havia sido quebrado.

            Essa semana tivemos o anuncio do Team Trailer do Yagami Team...e vamos ver o que esse trio do barulho está prometendo.




            Iori é um dos personagens que mais conseguiu não se encaixar em nenhum time, já tendo feito parceria com Eiji, Billy Kane, Miu, Jun, Ramon, Vanessa, Seth, Kyo, Shingo, Mature e Vice e todos seus companheiros ele já tentou matar ou se desentendeu com eles, mas apenas Mature e Vice acabaram pagando com a própria vida o preço de se juntar com ele.


            Não foi explicado o motivo delas estarem com Iori novamente, já que em XIII elas eram manifestações na Terra, e só estavam livres graças ao Selo de Orochi quebrado por Ash, durante o torneio XIII, elas revelam que apenas estão no torneio para arrumar a bagunça feita por Ash, em XIV provavelmente o selo continua quebrado.

            O nome do tema do time é: Saxofone Under Moon (Saxofone sob o luar) e apesar de seguir a mesma linha do Arashi no Saxofone, ele não segue a cronologia dele, que sendo o XIII (o V) o último até agora.


            O cenário de Iori e suas garotas é o Midnight Factory(?), uma fábrica(?) onde a luta se passa durante a madrugada em algum ponto no meio de toda a instalação e o cenário é iluminado apenas pelas luzes de apoio a Lua Minguante, assim como o Neo Esaka, ele não possui nenhum NPC de fundo, apenas as instalações hidráulicas, galões vazios, rodas e pneus fazem parte do cenário, provavelmente ele seja o mesmo do XIII, mas em uma localização diferente do mesmo.

            Iori tem uma gama de habilidades que vieram de vários jogos passados, como seu Tsumagushi do ’98 (um golpe que ele fazia um arco de fogo em direção ao oponente, quando acertado, possibilitava vários combos), o EX Yami Barai do Maximum Impact ( No MI seu Yami Barai poderia soltar duas chamas no mesmo lugar, mas elas não andavam muito longe) e seu Yatagaru ( que é o Neo Max do XIII ), além de um golpe novo que ele pode lançar uma nuvem de fogos que serve como barreira de proteção para ele. Assim como sempre, Iori continua forte por suas incríveis habilidades e agilidade, quem estava acostumado com ele no ’98 e o Flame Iori no XIII, não terá nenhum problema em controlar ele no XIV.

Acertou, combou!

            Mature aparentemente é a mesma do XIII (seu visual é mesmo de Mature, porém, uma contraparte, enquanto Vice representa as Trevas com o vermelho,Mature representa a Luz com o azul), o que deixa bem preocupante, já que um dos motivos para ela não ser competitivamente atraente nesse jogo é a falta de Command Atack (Crematory - → + B do ’98 fez falta) e o seu anti aéreo, o Sacrilege, onde ela fazia uma dança que poderia punir com vários hits quem se atrevesse a pular na frente dela. A falta desses golpes pode ser crucial para a jogabilidade dela, mas o sistema de Cancels, agora sem a necessidade da HD Bar ( do XIII ) pode fazer com que ela seja menos dependente de barras do que era no antecessor, além do Wall Bounce e Rush Combo que serão bem atraentes para quem gosta de jogar com ela.


Isso não é um golpe, é uma obra de arte!


            Vice segue um estilo parecido da amiga, porém no XIII, a adição de um Command Move a ela (Monstrosity - → + A) fez com que ela se tornasse uma opção viável, sendo até escolhida em torneios pelo Japão, mas ela ainda não era atraente o suficiente devido a perda de um seus golpes, Outrage, que era basicamente um ataque de pernas bem rápido que ela fazia, possibilitando não só mais combinações de combos, mas também um golpe bem interessante para manter pressão no oponente. Apesar disso, aparentemente, ela continua com a jogabilidade tão simples como a do XIII, dependendo muito de sua ombrada e de ‘’passar a mão’’.
Chun Li aproves!
            Um detalhe sobre as duas são seus Climax Moves, elas não estão mais invocando a força de Orochi, sendo o Climax Move de Vice ( Obscura ) um anti aéreo que ela agarra a cabeça do oponente e esmaga no chão, e de Mature ( provavelmente Ecstasy ) onde ela aparentemente faz linhas cortantes surgirem para atacar o oponente, enquanto se prepara para tela de vitória, e ao final deve explodir o oponente.


            Por enquanto foi isso pessoal, deixem nos comentários o que vocês acharam desse Benimaru XI + XIII e da falta de golpes para Mature e Vice e de como espera ver elas no competitivo!